Transfer & Kalkitos

segunda-feira, agosto 24, 2015


No final dos anos 70, mas principalmente na década de 80, havia a mania do Transfer e do Kalkitos
Eram adquiridas nas bancas de revistas, vinha um poster e uma cartela com os elementos decalcáveis que utilizavam um lápis para transferir as figuras, podia-se por a imaginação funcionar e criar uma história.
O Transfer era da Editora Abril era mais caro, já o Kalkitos era fabricado pela Gillette com um preço mais acessível.
No colégio, tinha gente que decalcava as figuras para decorar o caderno.
Os temas eram variados desde personagens das histórinhas em quadrinhos até fatos históricos.
Uma coisa que dava muita raiva era na hora de decalcar e a figura rasgar.
Havia os importados dos Estados Unidos, que eram da Letraset.




















Você irá gostar também

0 comentários